O que faz você ter Diástase?

O sonho da barriga durinha está longe de ser alcançado? Fique tranquila porque neste artigo você vai descobrir tudo sobre a diástase e como tratá-la!

Você engordou muito ou emagreceu rapidamente? Ou acabou de passar uma por gravidez e sente sua barriga mais flácida e mais molinha? Se sim, saiba que você pode estar com diástase abdominal.

A diástase abdominal é o afastamento dos músculos abdominais e do tecido conjuntivo que geralmente acontece durante a gravidez, sendo a principal causa de flacidez abdominal e dor lombar no pós-parto.

Ou seja, a principal causa de diástase abdominal é a gravidez. Isso porque, durante a gestação, o útero se expande, provocando a separação dos músculos da região central do abdômen. A extensão abdominal que ocorre na gravidez em decorrência do crescimento do feto afasta naturalmente os músculos reto-abdominais.

· Obesidade

· Carregar excesso de peso com postura errada

· Desnutrição

· Perda de peso repentina para pessoas obesas

Esse afastamento pode chegar a 10 cm de distância e se deve a fraqueza do músculo abdominal, que fica muito esticado devido ao crescimento da barriga durante a gravidez. No entanto, a diástase também pode acontecer fora da gravidez, especialmente em pessoas que levantam objetos muito pesados numa postura incorreta.

Como saber se tenho diástase ?

É possível desconfiar de que se está com uma diástase se você sente sua barriga muito mole e flácida ou observar uma protuberância no abdômen ao levar algum peso, agachar ou tossir.

Por isso, para se certificar de que é uma diástase abdominal deve-se:

Deitar de barriga para cima e pressionar os dedos indicador e médio cerca de 2 cm acima e abaixo do umbigo, e depois;

Contrair o abdômen, como se fosse realizar um exercício abdominal.

O normal é que ao contrair o abdômen, os dedos saltem um pouco para cima, mas em caso de diástase os dedos não irão se mover, sendo possível até mesmo colocar 3 ou 4 dedos lado a lado sem que eles se movam com a contração abdominal.

Voltando a ter a barriga durinha

Os exercícios são de grande ajuda no tratamento mas devem ser realizados com supervisão do fisioterapeuta ou personal trainer porque mal executados podem causar um aumento na pressão intra-abdominal, e aumentar a separação dos retos, piorando a diástase ou levar ao surgimento de uma hérnia.

Por isso, na fisioterapia podem ser utilizados equipamentos como o FES que promove a contração dos músculos. Esse aparelho pode ser feito durante 15 a 20 minutos e é muito eficiente no fortalecimento do reto abdominal.

Mas com o acompanhamento de um profissional, você pode realizar os exercícios em casa. Lembre-se sempre de alinhá-los com uma boa dieta e alimentos saudáveis, uma vez que para o seu bem estar geral é necessário que o corpo funcione em perfeita harmonia.

Separei abaixo mais algumas recomendações para você corrigir a diástase abdominal:

· Manter a boa postura em pé e sentada;

· Evitar ao máximo dobrar o corpo para frente, como se fizesse um abdominal tradicional porque ele piora a diástase.

· Sempre que precisar abaixar para pegar algo do chão, dobrar as pernas, agachando o corpo e não inclinar o corpo para frente;

Claro que você quer emagrecer de forma saudável para evitar que tudo isso aconteça com você, acertei?

Uma alimentação com nutrientes que aceleram o metabolismo fará que seu corpo se torne uma máquina em movimento, ou seja, mais energia e mais queima calórica!

É o momento de trabalhar através da sua alimentação os principais sintomas da menopausa.

Pois acredite, enquanto você não dominar esses sintomas, você poderá retornar ao efeito sanfona a qualquer momento. Isso acontece, pois os sintomas da menopausa impedem que você alcance um equilíbrio na sua rotina.

Um dia você sente um calorão insuportável… Outro dia enxaqueca… E por aí vai. Qual é a primeira coisa que recorremos quando nossa vida sai dos trilhos? A comida!

Para emagrecer definitivamente após os 40, você deverá dominar por meio da alimentação e de hábitos corretos os principais sintomas da menopausa.

Eu aderi a um processo de emagrecimento desenvolvido para mulheres acima de 40 anos, considerando tudo o que está acontecendo no nosso corpo, principalmente a menopausa.

Esse processo deve considerar alguns fatores que se desenvolvem no corpo da mulher pré, durante e pós menopausa. Como por exemplo, a baixa de estrogênio!

Se normalmente não é fácil emagrecer, imagina quando o seu corpo começa a ter oscilações de humor devido a baixa de estrogênio?

Esse é um fato cientificamente comprovado. Quanto mais ansiedade, mais comemos. Quanto mais comemos, mais engordamos.

A ansiedade decorrente da menopausa cria uma barreira que te impede de emagrecer e que principalmente faz o seu corpo se deparar como efeito sanfona.

Para destruir essa barreira que te impede de emagrecer! O primeiro passo para emagrecer na menopausa é acabar com a ansiedade alimentar.

 

Emagreça definitivamente na menopausa

Quando você decide entrar no processo de emagrecimento parece que você irá conseguir tudo muito rápido, você pode até mesmo pensar “eu nunca fiz dieta”.

Mas, quando você chega aos 40 anos as coisas não são tão rápidas como desejamos. Por isso, existe um passo a passo, cronogramas e métodos específicos.

Bom, eu já te contei a metodologia que eu utilizei para dominar a menopausa e sair do manequim 46 para o 36 após os 40 anos.

Agora, eu te convido a conhecer o método que me ajudou a emagrecer de forma definitiva e acabar com os calores, ansiedade e a enxaqueca na menopausa!

A criação de Julia Kress

Graças ao empenho e dedicação de Julia Kress, especialista em saúde da mulher, formada em comportamento humano e desenvolvedora deste programa exclusivo, mais de 900 mulheres tiveram suas vidas transformadas e seu bem estar restabelecido.

O vencendo a menopausa é direcionado para mulheres nessa fase do climatério, disponível em PDF e vídeo aulas.

Um programa que vai cuidar desde a sua alimentação até os exercícios adequados que vão transformar sua vida.

Quer saber mais?

Clique aqui, e saiba tudo sobre esse programa transformador que vai te ajudar a cuidar da saúde na menopausa!

Siga Julia Kress nas redes sociais.

Outros Artigos Recomendados para Você:

Menopausa-e-osteoporose-300x200

Osteoporose na Menopausa

Osteoporose na menopausa Osteoporose.. Palavra difícil para um problema muito comum entre as mulheres. A osteoporose é uma doença bastante relacionada à longevidade do ser

LEIA MAIS >
tipos de salada para a menopausa

Alimentação fito e menopausa

Alimentação fito e menopausa O efeito dos fitos em mulheres na menopausa Os fito estrogênicos  são alimentos que contém uma substância muito benéfica para mulheres

LEIA MAIS >

Leave a Reply