Menopausa: O que comer para dominar os sintomas?

Dores de cabeça, inchaço, calores noturnos, perda da libido e ganho de peso. A maioria das mulheres durante a fase da menopausa provavelmente já sentiu um desses sintomas ou todos eles juntos. Para as mulheres que ainda não chegaram nessa fase da vida já podem imaginar o desconforto diário que os sintomas não tratados da menopausa podem trazer para a nossa vida.

Existem muitas razões para o surgimentos desses sintomas, mas a principal delas é a queda da produção de estrogênio e progesterona: hormônios femininos que são produzidos pelos ovários.

Ou seja, o estrogênio é responsável pela distribuição da gordura corporal, pela fixação do cálcio nos ossos e pelo equilíbrio das gorduras no sangue. Além disso, ajuda no equilíbrio das funções cerebrais, por exemplo, ajuda a manter a boa memória.

A importância do bem estar físico e emocional

Além dessas causas citadas acima, nosso emocional e físico exercem uma forte influência em como os sintomas da menopausa irão se manifestar no nosso corpo.

Por exemplo, quando vem a ansiedade, depressão e tristeza é comum que os sintomas como perda da libido se torne mais acentuado, porque nossa autoestima está baixa e nosso cérebro não consegue nos dar a sensação de prazer.

Além disso, a ansiedade é responsável também pelo ganho de peso, porque acabamos descontando nossos medos e frustrações na comida.

Por isso, a alimentação e a prática de exercícios físicos são a chave para a manutenção de um corpo saudável e ausente de sintomas da menopausa. Isso porque os alimentos irão repor todos os nutrientes que o seu corpo precisa e os exercícios físicos irão aliviar o stress, as gorduras e irão melhorar a sua circulação, sanguínea eliminando os calores.

Lista especial de alimentos

Separei para você uma lista especial de alimentos capazes de ajudar a combater os sintomas da menopausa e te oferecer uma vida mais feliz, tranquila e prazerosa. 

Leite e derivados: O leite é rico em proteínas e cálcio. Como na menopausa o organismo está com a absorção do cálcio prejudicada, pela queda de estrogênio, consumir leite e derivados ajuda a evitar o enfraquecimento dos ossos, que pode resultar na osteoporose. Além de leite e derivados, outros alimentos fontes de cálcio são as hortaliças verdes escuras, como brócolis, rúcula, espinafre e couve.

Peixes: importante o consumo de peixes, como a sardinha e o salmão, por serem ricos em ômega 3, um ácido graxo essencial para controlar os níveis de colesterol, prevenir doenças cardíacas e ajudar nas funções cerebrais. Essa carne branca ainda é a principal fonte alimentar de vitamina D, que colabora para a formação óssea e facilita a absorção do cálcio.

Soja: O alimento possui uma importante substância chamada isoflavona, que possui uma ação parecida com a do estrogênio no corpo da mulher. Com isso, ela alivia algumas reações causadas pela menopausa, como o ressecamento da pele.

Oleaginosas: Produtos como castanhas, nozes, óleos vegetais e amêndoas são fonte de vitamina E, o que é benéfico para aliviar as ondas de calor típicas da menopausa. A castanha do Pará é especialmente boa para entrar na dieta nesse período, por conter o mineral selênio, que ajuda a fortalecer as funções cerebrais.

Dieta e Menopausa

A dieta na menopausa deve conter alimentos menos calóricos e alimentos ricos em cálcio para fortalecer os ossos e boas fontes de proteínas para manutenção dos músculos.

Por isso, recomenda-se que a mulher dê preferência a estes alimentos descritos acima e escolha um deles para comer em cada refeição. Ou seia, o importante é que a mulher tenha consciência de que as alterações hormonais típicas da menopausa não representam uma doença, mas sim uma condição. E que esses sintomas podem ser tratados de forma natural.

Além disso, podemos acrescentar na nossa dieta suplementos vitamínicos capazes de nos dar maior energia e auxiliam no combate dos sintomas.

  • Vitamina E: Ajuda a combater as ondas de calor, a secura vaginal, sensibilidade nas mamas e contribui para a saúde da pele e das unhas;
  • Cálcio: Cerca de 1,2 g de cálcio por dia é útil para ossos fortes;
  • Magnésio: Ajuda a diminuir o risco de doença cardíaca e baixar a pressão arterial;
  • Vitamina C: Ajuda a fortalecer o sistema imune e quando presente em produtos cosméticos é útil para garantir a beleza e hidratação da pele.

Outros Artigos Recomendados para Você:

Leave a Reply