Ondas de Calor: um dos Sintomas da Menopausa

Como amenizar os calorões ou fogachos da menopausa

De todos os sintomas da menopausa , as ondas de calor, ou os famosos calorões, são considerados um dos mais indesejados de todos pelas mulheres.

Embora sejam um aborrecimento absoluto, é o desequilíbrio hormonal interno que faz com que isso ocorra, de forma tão intensa que faça até começar a suar.

Como não há definitivas sobre o porquê das ondas de calor ocorrerem, vamos aprender a lidar com elas da melhor forma!

De acordo com um relatório recente sobre a menopausa, foi determinado que “o estilo de vida e os fatores psicológicos podem aumentar o número e a gravidade das ondas de calor que uma mulher experimenta”.

Há fatores que afetam diretamente certos grupos de mulheres, conforme ressalta a pesquisa, em que mulheres em determinadas condições como ansiedade e obesidade, experimentam mais intensamente as ondas de calor.

Pode-se notar que as mulheres que foram testadas com um alto nível de ansiedade, tinham quase cinco vezes mais o número de ondas de calor do que as que ressaltaram um menor nível de ansiedade, ou muito pouco.

 As mulheres que são fumantes experimentaram o dobro da quantidade. Estar acima do peso também levou a um aumento nas ondas de calor irritantes.

Comprovando que há fatores físicos que favorecem as ondas de calor durante a menopausa.

Às vezes, os sintomas da menopausa começam com a perimenopausa. Eles duram de três a cinco anos e costumam ser piores durante o ano seguinte ao último período menstrual.

No entanto, observou-se que, para algumas mulheres, esse calorão ou fogachos, junto com outros sintomas da menopausa, podem durar por pouco tempo, ou até mesmo com uma frequência de dias, mostrando assim que o surgimento desses sintomas é por tempo indefinido. 

Embora seja uma noção comum que o calorão está associado a uma diminuição no estrogênio, há quem acredite que é simplesmente o equilíbrio hormonal que atua como catalisador. 

Os pesquisadores afirmaram que “a secreção de hormônios é regulada no cérebro pelo hipotálamo, que abriga o centro termorregulador do corpo”.

Eles acreditam que algo acontece neste centro que faz com que o termostato seja alterado. O resultado é um flash quente, uma sensação de calor excessivo se o corpo ficar superaquecido. 

Na tentativa de esfriar, o corpo transpira e os vasos sanguíneos dilatam, fazendo com que a pele fique rosa ou vermelha. Depois de um breve período, talvez alguns minutos, o calor se dissipa, levando um calafrios. ”

Para aliviar de vez os sintomas da menopausa é recomendado cuidar de seu corpo de maneira natural , não sendo necessário depender de medicamentos prescritos na terapia de preparação hormonal.

Muitas mulheres acham que, com o apoio adequado, seus corpos próprios podem corrigir o desequilíbrio hormonal que é a causa real do calorão insuportável da menopausa.

O calorão da menopausa e outros sintomas

Quem passou ou está passando por esta fase, sabe bem que o calorão da menopausa piora muito a qualidade de vida e prejudica diferentes áreas da nossa vida. 

Ele afeta diretamente todos os campos da vida da mulher, desde prejudicar o relacionamento com o marido, tornar a relação com os filhos mais complicada, dificultar o ambiente de trabalho,  e principalmente prejudica seus relacionamentos afetivos, porque junto com o calorão vem:

– Irritação

– Insônia

– Palpitação

– Sonolência durante o dia

– Tontura

– Inchaço 

-Desânimo 

Entres todas essas variações que a mulher sofre em seu humor, o calorão da menopausa traz consigo diversos sintomas bastante incômodos que, normalmente, a mulher não identifica no princípio.

Um artigo publicado no site de um dos maiores especialistas em mulheres na menopausa no mundo, o Dr. Mache Seibel , afirma que “ m ulheres com níveis baixos de estrogênio afetado pela remoção de seus ovários perda de comprometimento da memória  devido a ondas de calor” .

Ele afirma ainda que, por meio de um estudo, ficou comprovado que as regiões afetadas do cérebro pelas ondas de calor foram conforme uma doença de Alzheimer pode ser vista em uma varredura.

O que mostra o quanto a mulher realmente pode ser afetada nesse período.

Neste artigo, vou contar para você algumas coisas que você pode fazer para amenizar ou calorão da menopausa.

Mude seu estilo de vida e vença os sintomas da menopausa

Faça atividade física

Se você tem uma vida sedentária, ou pouca ativa, o melhor que você tem a fazer é se exercitar.

Quando você faz atividade física, as ondas de calor vão te “chicotear” um pouco menos. Faça dos exercícios físicos na menopausa um hábito comum.

Você pode começar desde uma caminhada simples diária, como pode se inscrever em esportes mais dedicados, lutas, começar a academia, fazer danças e o que mais gostar.

O importante é priorizar a prática de exercícios.

Praticar exercício físico na menopausa e garantir uma qualidade de vida e a melhor forma de prevenir várias doenças com o avanço da idade, por isso priorizar fazer exercícios e adotar um estilo de vida mais ativo é tão importante!

Mude a sua alimentação

Você deve ter consistência em uma alimentação saudável.

O que acontece, na maioria dos casos, é que uma das grandes razões que faz com que uma mulher fique deprimida, ansiosa, e ganhe peso na menopausa é justamente nos momentos em que as ondas de calor se manifestam.

Provavelmente, nesse momento, se a mulher se vê sozinha, ela vai para a geladeira comer e tentar dar uma aliviada no que está sentindo, e é exatamente isso o que não se deve fazer.

O principal, neste período, é que a mulher encontra um protocolo que reúna os alimentos certos para ativar o metabolismo e dominar os sintomas da menopausa. 

Dê preferência aos tratamentos naturais

Claro que o indicado quando a mulher começa a sentir os sintomas da menopausa se manifestarem é que ela procura um médico especialista.

O grande problema que a maioria das mulheres enfrentam  ao procurar um médico e relatar o que está sentindo, é que o primeiro direcionamento é recomendar o tratamento hormonal, sem dar outras opções de tratamento. 

Apesar de cada pessoa reagir de um jeito a um tratamento como esse, algumas mulheres se adaptarem, outras não, o que pode de fato acontecer é que uma mulher fique presa aos hormônios sintéticos para o resto da vida.

Então logo no início da menopausa, você fica refém de remédios, e alguns efeitos como engordar com o uso de hormônios começam a surgir.

Por isso, o ideal é encontrar um tratamento que amenize os sintomas da menopausa de forma 100% natural e sem remédios, como é o caso de todos os programas oferecidos pela especialista na saúde da mulher, Julia Kress. 

 

Acabe com as ondas de calor com esse livro digital!

Cuide da saúde na menopausa.

O livro 30 receitas para acabar com o calor na menopausa ajuda a relatar todo o estrogênio, que inevitavelmente, é perdido nesse período.

Esse livro é uma das edições disponíveis no Brasil que de fato, ajuda mulheres a emagrecer definitivamente depois dos 40 anos e dar fim, de uma vez por todas, nesses sintomas tão incômodos do climatério!

Todas as receitas do livro são comprovadamente eficaz no emagrecimento e alívio dos sintomas da menopausa, tudo de forma 100% natural, sem remédios, e sem que você preciso passar fome!

Sabe aquele calorão que vem subitamente e te deixa enxarcada de suor?

A enxaqueca que parece que vai explodir sua cabeça?

Aquele inchaço que não te deixa entrar nas roupas que você mais gosta, detonando sua autoestima?

São esses sintomas que o livro 30 receitas para acabar com o calor na menopausa vai te ajudar a eliminar! E tem mais, todas as receitas são práticas e fácil de fazer no seu dia-a-dia.

Por isso, não perca essa oportunidade e ainda hoje a eliminar os sintomas da menopausa!

Viva agora a melhor fase da sua vida.

Siga a @ ju.kress nas redes sociais e não perca nenhuma novidade, dicas, exercícios que vão te ajudar a viver uma vida saudável na menopausa, com todo o bem estar que você merece.

Outros Artigos Recomendados para Você:

Leave a Reply