3 Soluções para Acabar com a Insônia na menopausa

Quer descobrir como combater a insônia na menopausa, e se livrar de uma vez por todas desse sintoma?

Pode parecer até impossível, mas ter noites mais tranquilas sem precisar de nenhum remédio é possível, mudando as coisas simples no seu dia-a-dia.

Como combater a insônia na menopausa

Durante a menopausa, muitas mulheres sofrem com a mente agitada na hora de dormir, exaustão ao longo do dia e noites mal dormidas.

Isso acontece por que uma das condições que mais aparecem ou se agravam durante a menopausa, é a insônia!

Há vários motivos para esse sintoma, mas de modo geral essa instabilidade no sono é causada por mudanças na bioquímica cerebral e as oscilações hormonais.

Além disso, os fogachos , ou calores noturnos, também têm sua parcela de culpa, os calorões seguidos de calafrios atrapalham o sono.

A insônia ainda pode ser intensificada caso outros sintomas recuperados no dia a dia da mulher de forma muito intensa. 

A insônia tem como consequência um efeito dominó, que abre caminho ao cansaço, ao desânimo e até ao ganho de peso.

Isso acontece porque muitas mulheres acordam cansadas e irritadas, comprometendo os bons funcionamentos de hormônios como a grelina e a leptina, responsáveis pela fome e pela saciedade.

Considerando que muitas vezes o humor influência na escolha alimentar, tendendo a alimentos mais calóricos e de alívio emocional.

Nem todas as mulheres associam o cansaço, insônia e sonolência excessiva com o real motivo: A menopausa.

Por isso o consumo de remédios torna apenas momentânea a melhora.

O que acontece com o seu corpo nesse período, é a  redução do estrogênio e da progesterona, os conhecidos como hormônios femininos.

Esses hormônios têm uma queda, diminuindo o efeito protetor respiratório hormonal, o que causa insônia, ronco, apneia e pernas inquietas.

A progesterona é considerada um estimulante respiratório, e a ausência do hormônio faz com que a insônia apareça.

Durante os episódios de apneia, a pessoa acorda para ‘respirar’ e isso deixa o sono fragmentado.

Outros sintomas mais comuns também e que influenciam na má qualidade do sono, são as ondas de calor, que podem levar ao despertar, assim como as mudanças de humor.

Como combater a insônia de uma vez

Você pode combater a insônia durante a menopausa de forma simples e eficaz, mudando hábitos diários que podem estar atrapalhando suas noites de sono.

O que você precisa fazer é para eliminar a insônia na menopausa de forma 100% natural é:

  • Ter um horário regular para dormir e acordar;
  • Ter um ambiente saudável para o repouso;
  • Não fazer uso de estimulantes do sistema nervoso ou de Álcool horas antes de dormir;
  • Buscar técnicas de fototerapia e acupuntura;

Além disso, existem alguns hábitos que combatem a insônia, como:

  • Deitar na cama apenas para dormir e evitar usa-la para atividades como ler, comer ou ver televisão;
  • Manter o quarto livre de luzes ou ruídos;
  • Não realizar atividades físicas intensas muito tarde;
  • Jantar mais cedo e priorizar refeições leves para o corpo não ficar encarregado de uma cansativa digestão;
calor

Como combater a insônia mudando a sua dieta

Existe uma forma de aliviar esse sintoma terrível que é a insônia: Adotando uma Dieta Fitoestrogênica .

A dieta Fitoestrogênica vai te ajudar a vencer não só esse sintoma, como também o calorão, mudanças de humor e na barriga inchada.

Essa dieta é capaz de combater os sintomas da menopausa e diminuir os calores noturnos, ajudando você a dormir bem.

Criando cardápios deliciosos e sabores incríveis, a dieta fitoestrogênica trás todos os nutrientes e estímulos naturais para o aumento da produção de estrogênio, garantindo assim o alívio dos sintomas e o emagrecimento.

Confira esse livro completo com 30 receitas que vão te ajudar a ter noites mais tranquilas.

Higienizar seu sono: como isso ajuda na insônia?

Para evitar que a insônia se torne crônica, os médicos recomendam antes de mais nada, fazer a higiene do sono.

A higiene do sono significa conhecer e praticar técnicas de relaxamento, meditação e ioga ou criar o hábito de prática diária exercícios físicos.

É fundamental que você não siga hábitos sedentários, para prevenir como mudanças de humor e promover o bem estar e o sono. 

Os médicos definem a insônia como um distúrbio psíquico-fisiológico, que tem origem em algum desequilíbrio hormonal ou orgânico associado, na maioria dos casos, a problemas de fundo emocional como ansiedade, fobias, separações e perdas, ou preocupações como o desemprego ea falta de dinheiro. 

Durante a menopausa, existe a tendência de todos os sintomas se intensificarem, pois na realidade um está atrelado ao outro. Por isso, é importante seguir o protocolo completo que engloba a alimentação, atividades físicas etc.

É muito importante que seu corpo esteja sempre fortalecido por meio de bons alimentos e atividades físicas regulares.

A vida sedentária acelera a perda de massa óssea, que é acentuada a partir da menopausa.

Nos cinco primeiros anos após a última menstruação as mulheres perdem em média 1,4% de massa óssea ao ano.

A desvantagem feminina é grande nessa área, pois temos 25 a 30% menos massa óssea do que os homens e perdemos 35% de osso compacto e 50% do tecido esponjoso ao longo da vida.

Falando de uma maneira mais simples, o corpo fica muito dolorido para quem é adepto do sedentarismo, e quem é que consegue dormir com o corpo cheio de dor?

Acredite ou não, essas é umas grandes razões pelas quais você perde seu sono.

Então, além de melhorar a alimentação a noite, é importante praticar atividades físicas.

Quer saber mais sobre os sintomas da menopausa e como dominá-los para fazer dessa fase a melhor da sua vida?

Conheça o livro 30 receitas para acabar com o calor na menopausa , e alivie todos os sintomas de forma natural e definitiva com o uso de alimentos fitoestrogênicos

Outros Artigos Recomendados para Você:

Menopausa-e-osteoporose-300x200

Osteoporose na Menopausa

Osteoporose na menopausa Osteoporose é uma p alavra difícil, para um problema muito comum entre as mulheres. A osteoporose é uma doença bastante relacionada à

LEIA MAIS >

Leave a Reply